Sobre o Radio / Radialista

HISTÓRIA

Rádio, o maior meio de comunicação de todos os tempos. Há 103 anos, aproximadamente, o mundo conheceu o rádio, o maior veículo de comunicação de todos os tempos. Tudo começou na genialidade de Maxwel, físico e matemático inglês, que previu, matematicamente, a existência das ondas eletromagnéticas. O cientista alemão Hertz, alguns anos mais tarde, produziu em laboratório cargas elétricas que irradiavam ondas captadas a pequenas distancias. Estava comprovada a teoria de Maxwel. Mas foi o italiano Guglielmo Marconi que tirou o rádio do laboratório para a utilização prática.

O INÍCIO

O aproveitamento das ondas eletromagnéticas para a transmissão de informações sonoras acontece no inicio do século XX, graças à invenção da válvula radioelétrica (triodo), criada em 1906 por Lee de Forest. Esta permite a retificação e ampliação dos sinais elétricos, viabilizando a audição de sons complexos transmitidos por ondas hertzianas. No Natal de 1906, a radiodifusão é inaugurada no mundo com a irradiação de um concerto de violino, nos Estados Unidos.

AS PRIMEIRAS

As emissoras de rádio desenvolvem-se de fato apos a I guerra Mundial, durante o conflito, as transmissões ficaram sob controle dos beligerantes. Em apenas uma década, a radiodifusão espalha-se por todo o mundo. É criada a Rádio Corporation Of America (1919), a National Broadcasting Company (1926) e a Columbia Broadcasting System (1972). Na Europa, são implantadas várias empresas de grande porte como a Radiotelevisione Italiana (1924 e British Broadcasting Corporation (1927). O número de receptores também aumenta drasticamente.

NO BRASIL

A primeira transmissão radiofônica brasileira aconteceu em 7 de setembro de 1922, quando a Westinghouse Eletric Internacional Co. Instalada no Alto do Corcovado, Rio de Janeiro, uma estação de 500 watts, transmitiu um discurso do então presidente Epitácio Pessoa, musicas e conferências para cerca de 80 receptores dispersos pela cidade. Ao fim, a rádio saiu do ar e só voltou no ano seguinte como Rádio Sociedade do Rio de Janeiro, fundada pelo antropólogo Roquete Pinto. Várias outras emissoras aparecem no país na década de 20. Todas nascem como clubes ou sociedades, sustentados pelos associados. O rádio comercial desponta a partir da legalização da publicidade em 1932. O rádio transforma-se em um negócio prestigioso e lucrativo. Surgem as rádios Record e Tupi, em São Paulo e a Rádio Nacional no Rio de Janeiro. Nesta época, o rádio abandona seu perfil elitista e educativo e firma-se como um grande meio popular de comunicação. Nos anos 30 e 40 aparecem grandes programas de música popular e ídolos como Carmem Miranda, Linda batista e Orlando Silva. Surgem também programas de humor, de auditório e as novelas. A Rádio Nacional lança o “Repórter Esso”, em 1941, inaugurando o radiojornalismo brasileiro. Frases curtas e objetivas, agilidade, instantaneidade e seleção cuidadosa das notícias – técnicas criadas por este jornal – são regras ate hoje.

O RÁDIO MINEIRO

Com a popularização da televisão, no final da década de 50, o período de apogeu do rádio chega ao fim e as emissoras são obrigadas a redefinir seus objetivos. Passando a dar mais espaço ao radiojornalismo e aos serviços à comunidade. A partir de 68, surgem as emissoras de freqüência modulada (FM), com programação eminentemente musical. A primeira FM só de notícias, a CBN, foi criada em 96. A primeira emissora a se instalar em Minas foi a Rádio Sociedade de Juiz de Fora. Seguiu-se as rádios Guarani e Inconfidência, todas na década de 30. Em 1952, surge a Rádio Itatiaia, hoje entre as oito principais rádios do País. Vieram depois as rádios Jornal de Minas, hoje América, a Rádio Minas, a Pampulha, atual Capital, a Tiradentes, atual CBN e a Radio Atalaia. A década de 40 marcou, com a democracia do General Dutra, a implantação de diversas rádios no interior de Minas. A primeira emissora FM fundada em Minas foi a Rádio Del Rei, que data de 1970. Segundo seu fundador, Marco Aurélio Jarjour Carneiro, foi também a primeira do Brasil. – ficou muito tempo funcionando como geradora de musica funcional para sobreviver em tempo que os receptores de FM praticamente não existiam. A partir da década de 80, as FM obtiveram um crescimento vertiginoso e, no momento, o setor aguarda novas tecnologias.

DIA 25 DE SETEMBRO, DIA DO RÁDIO.
FONTE: Revista Amirt – Outubro de 2.000.
COMPILADO POR: Ulisses Nascimento

SOBRE O RÁDIO E O RADIALISTA

Na época, quando fundou a primeira emissora de Rádio do Brasil, não existiam escolas para formação de Radialistas. Foram os radioamadores os primeiros locutores, por já possuírem experiência com microfones. Uma característica era fazer uma programação cultural, que consistia em música erudita, conferências e palestras que não interessavam ao ouvinte. Na Era do rádio, o grande astro era “Vital Fernandes da Silva”, o “Nhõ Totico”, que permaneceu no ar por 30 anos. O mais incrível é que nesta época ele apresentava dois programas ao vivo e totalmente improvisados.

Nos dias de hoje, com um ouvinte mais exigente, o radialista precisa de muita técnica e ter um padrão que se identifique com cada emissora. Mas o ponto em comum entre eles tem que ser o carisma. Dentro de cada Radialista existe um inexplicável sentimento de dedicação e o interesse pelo que faz. Só o idealismo não é o suficiente, existe a necessidade do talento. Com milhares de bons Radialistas espalhados pelo Brasil, o Rádio é hoje rico. Oferecendo boas opções para aquele que merece todo o nosso respeito. O
ouvinte. O Radialista é um sonhador, um apaixonado que faz parte do cotidiano das pessoas.

(Baseado no livro Como falar no Rádio do autor Cyro César/Editora Ibrasa)

OBS.: No dia 24 de julho de 2006, o então presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em homenagem ao músico e também radialista, Ary Barroso, sancionou a Lei 11.327, que oficializou o dia 7 de novembro  como o dia do Radialista. O projeto foi proposto pelo deputado federal Sandes Junior (PP/GO). E nesta data, queremos homenagear todos os profissionais radialistas, fundamentais para a liberdade de imprensa, para a difusão de informações, para a valorização da música, através do rádio.

DIA 7 DE NOVEMBRO, DIA DO RADIALISTA.

OBS: Visite o site MICROFONE: http://www.microfone.jor.br/historia_radio1.html e leia mais informações sobre o Rádio.


Humberto Sousa: Olá boa tarde amigos , me chamo Humberto, sou de Campinas interior de são Paulo, tenho 33 anos trabalho e estudo, tenho 1,74 de altura 90 kilos , sou evangélico, estou em busca de amizade é um relacionamento sério, com mulheres de 20 a 40 anos, que venha pra somar! Meu ZAP 019 991215279...
Cristiano Brant: Olá boa tarde me chamo Cristiano tenho 38 anos casado, e no momento carente de tudo. Se tiver alguma mulher que queria tirar minha carencia. Coloquei que sou casado pra não ficar nenhuma dúvida e eu ser transparente. Moro em contagem. Sou negão1,73,olhos castanhos, peso 92kilos. Cabelo enroladinho. Sou muito educado e muito trabalhador. Se alguma mulher interresou me chame no zap. 96263285. Por favor se se tiver mesmo interesse. Sou uma pessoa muito discreta e muito reservado. sou muito rom...
Cristiano Brant: Olá boa tárde, me chamo Cristiano, sou casado, mas me encontro muito carente. Sera que tem alguma mulher que possa tirar minha carencia.pus que sou casado pra ficar claro, pois sou sincero.moro em contagem e tenho 37 anos, aliás sábado faço 38. Sou muito carinhoso educado, .de quiserem conhecer mais sobre mim. Me chamem no zap!!!96263285...
Gil: Sou Gil Oliveira tenho 26 anos gostaria muito em contra uma menina que queira algo serio vou deixa meu zap3198642223 e moro em santa luzia...
Gil: Sou Gil tenho 26 anos a procurar de uma pessoa bacana moro em santa luzia...
Andre: Fala Toninho bom sou andre estou procurando uma pessoa que perdi contato será que poderia divulgar meu número pra natally de Fortaleza perdi contato com ela bom Amigo meu whats e 41997309053 brigado toninho Deus abenÇoe...
Antonio caetano da mota: Toninho lima nao tou conseguindo entrar nos link do seu progama nao .como faço pra participar da promoçao pra um engreço do rodeio de pedro leopoldo? Aqui e antonio de pedro leopoldo bairro da lua...
ligia marta: tenho 1.70 85kg,sou negra. estou a procura de um homem sincero educado. tenho 36 anos. homens de 36a 48 interessados. me add no face:ligia marta...
CARLA: GOSTARIA DE CONHECE UM HOMEM ENTRE 50 A 60 AN0S,PARA UM SERIO RELACIONAMENTO.SOU MORENA 162 ALT. 55 ANOS LIVRE ,DESEMPEDIDA,FILHOS JA CRIADOS,NAO FUMO,ME SINTO MUITO SOZINHA,GOSTARIA DE VIVER UM GRANDE AMOR OBRIGADO CARLA...
Cida: Sou viúva, sem filhos, tenho 53 anos, peso 73 kg e tenho 1,57 de altura. Gostaria de conhecer um homem carinhoso, sincero e trabalhador que queira um relacionamento serio , que seja livre e sem filhos com idade acima de 55 anos....